segunda-feira, 16 de junho de 2014

Tirando a Poeira....

Eis que hoje, dando uma pesquisada no Google, me lembrei do meu blog...

Me lembrei do gás que eu tava quando comecei ele.. da vontade louca de fazer igual nossos ídolos do surf.. dar rasgadinhas, sentindo o spray voando no rosto refrescá-lo depois de um dia incansável de surf.. mas, na realidade, a coisa acabou tomando outro rumo..

Foram pranchas e vieram pranchas. Foi um sleeve e veio um novo sleeve. E eu só na promessa: amanhã vou conseguir, amanhã isso e amanhã aquilo. Infelizmente não tive oportunidade de fazer aulas de surf.. E, além disso, um outro hobby acabou tomando um bom tempo (aliás, se quiserem dar uma olhada no meu site, fiquem à vontade).

Mas, como diz a música, sou brasileiro e não desisto nunca. Acho que, mais do que nunca, tenho sentido falta da água gelada lavando a alma. Mesmo não fazendo tudo o que eu queria, o simples fato de estar no mar, ouvir as ondas, furá-las, sentir as correntes já dá uma satisfação enorme. É bom demais para tirar as coisas ruins, renovar a mente...

Talvez seja ironia, mas meu último post, de setembro de 2009, falava justamente sobre a saudade do mar..

Então, acho que nunca é tarde.. é hora de tirar a poeira da prancha e correr atrás do tempo perdido!

A imagem de hoje é para aumentar a vontade de dar uma caída esperta. Foto tirada por mim da Praia do Rosa:



Grande abraço e boas ondas!

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Saudade...

Bom, aqui estou eu novamente...

Meio frustrado com o inverno que me trouxe uma baita gripe me impedindo de dar aquela caída esperta, mas estamos aí... Mal vejo a hora da situação melhorar, e tomar um banho daquele jeito!

Caras, mesmo pra um um prego, um cara que tá começando, que leva vaca a torto e a direita, que mal consegue permanecer alguns segundos em cima da prancha... o surf vicia... e véi, faz falta quando você não pode ir...

Mas não adianta lamentar, o negócio é ficar bom logo e correr pro mar, ele continua lá esperando, com sua beleza inigualável e com suas maravilhosas ondas!

(desculpem o post meio inútil, é que tá meio na falta de assunto, então tô meio que desabafando... porque, na real, tô louco pra dar uma caída de novo!)

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Chega de Preconceito!

Caramba, é impressionante o preconceito que algumas (eu diria a maioria) das pessoas têm em relação aos surfistas... Você pode andar engomadinho e talz, mas falou que surfa, já é olhado com outros olhos... Você pode também se matar na sua vida “normal” (me refiro a trabalho e estudos, por exemplo), mas falou que surfa, provavelmente será novamente olhado com outros olhos... Mas por que isso?

Será que as pessoas não percebem o quão bom é o surfe? O surfe é um esporte que pressupõe saúde, auto-confiança, força de vontade, alto astral. Não consigo enxergar uma relação de tudo isso com vagabundagem... Será que isso ainda é resquício daquela época em que a galera queimava uma bomba depois do surf? (Não que ainda não exista, mas é menos.. E de boa, tem muito surfista que contra as drogas e que faz o possível pra ajudar a rapaziada que tá nesse caminho...) Será que é por causa da época que o cara só surfava e vivia de boa viajando por altos picos? Se for isso, não tenho o poder de mudar o pensamento da galera que tem mente fechada e não vê que os tempos são outros, mas posso usar esse espaço pra deixar o meu protesto dizendo que “Cara, nem todo surfista é vagabundo!” Aliás, a maioria não o é! Tenho certeza que muita gente rala pesado durante a semana pra poder chegar o fim de semana e tomar aquele banho irado num pico maneiro, desestressar e renovar as energias!

Chega de preconceito com aqueles que, ao invés de ficar vendo TV no fim de semana preferem curtir a natureza e as belas ondas que Deus nos deu!